Relacionamento
A importância de conquistar a sí mesmo!
8 de julho de 2016
3
a_importância_de_conquistar_a_sí_mesmo

Conquistar alguém nunca será tão importante quanto conquistar a sí mesmo. Aquele momento em que você naturalmente diz sim a uma pessoa, jamais será tão especial quanto o momento em que você aprende a dizer não em defesa do seu amor próprio.

Se você é portador de um coração sincero, livre de relacionamentos do passado, e pronto para amar com intensidade, é fundamental aprender que um amor pela metade nunca será compatível com um amor por inteiro, e que insistir em um relacionamento dessa natureza é criar uma fábrica de ilusões e meias verdades.

Tomar a decisão de interromper a gestação de um amor que já foi gerado no coração, certamente irá abortar planos, projetos e sonhos ligados a pessoa amada, e a dolorosa execução desse ato, será precedida por dias e noites de angústia que só se justificarão com o tempo.

O preço a ser pago pode ser ainda mais alto quando essa decisão tira da sua vida uma pessoa de extrema beleza, bondade, motivação e outras características marcantes. Mas dar um basta a indiferença de quem não conseguiu lhe oferecer um coração tão apaixonado quanto o seu, lhe ensinará a importância de conquistar a sí mesmo.

 

 

 

 

 

About author

Israel Almeida

Itens Relacionados.

relacao_comunica

A disformidade nas relações.

Conquistar alguém nunca será tão importante qua...

Leia mais.
o-valor-da-sua-dignidade

“Skin hunger” carência de contato humano.

Conquistar alguém nunca será tão importante qua...

Leia mais.

There are 3 comments

  • Flavio da Luz disse:

    “Nunca é alto o preço a pagar por pertencer a si mesmo.”

    Aforismo de origem controversa, popularmente difundido pelo mundo, atribuído ao filósofo alemão F. Nietzsche, que possui tamanha verdade e peso, que me dou ao direito de não questionar sua credencial.
    O homem que não vive os efeitos de uma paixão, jamais mergulhará a fundo em si mesmo e vive-la a pleno, consiste em sentir o seu amargor também.
    De posse de si, o homem é capaz de conquistar muito mais que uma parceria, que um certo companheirismo. Ele passa a ser dominante nos espaços que ocupa e isso lhe chancela a ir muito mais longe.

  • Jadiel Oliveira disse:

    Simplesmente maravilhoso! Texto incrível! Parabéns ao autor!!!!!!!!!

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *